Você tem dificuldade com elogios? Vamos conversar!

Oi amigas, como vocês estão?

Para quem não me conhece, muito prazer, eu sou Mônica Monteiro, designer gráfica da marca vulgo responsável por criar as artes que vocês vêem no Instagram e também por aqui. Tirei um tempinho para conversar com vocês sobre algo muito importante: elogios. Vocês têm o costume de elogiar ou de fazer um auto-elogio?

Não sei vocês, mas eu sempre tive mais facilidade para ver mais defeitos do que coisas boas nas pessoas - principalmente e infelizmente em mulheres. Não é novidade que vivemos numa cultura patriarcal que tem como um dos sintomas a competitividade feminina e muitas vezes, para enxergar beleza em nós ou em alguém próximo, ressaltamos algo de ruim em outra pessoa.

Mas mesmo que eu visse algo muito bom em alguém (e isso nem sempre está relacionado com beleza física) sempre tive muita vergonha em expressar o elogio diretamente para a pessoa, principalmente quando não tinha intimidade. Não é estranho como às vezes temos coragem de insultar alguém desconhecido ou lançar um olhar ruim, mas quando é para elogiar ou dizer algo agradável muitas vezes reprimimos?

É importante confessar para vocês, que além da vergonha sempre tive dificuldades em elogiar uma mulher por ser bissexual. Se a mulher soubesse da minha sexualidade, eu automaticamente bloqueava todo e qualquer elogio sincero - até profissional às vezes - para não parecer que eu estava “dando em cima”. Olha que absurdo amigas!

Outro motivo para eu guardar o elogio é a impressão de soar falsa ou a pessoa achar que na verdade eu estou zombando dela. Quem nunca elogiou algo em uma mulher e ao invés do elogio ressoar como algo bom e afirmativo dá gatilhos para insegurança e paranoias? 

Mas assim, é importante dizer que por mais que esse texto seja um convite de reflexão para que elogiemos mais uma  mulher, é necessário enfatizar que você não tem a obrigação de fazer se não tiver vontade. Faça se for espontâneo e natural. É muito esperado das mulheres que sejamos simpáticas, amorosas, sorridentes e dóceis. Porém se você for mais tímida e reservada não tem nenhum problema nisso, você não é obrigada a nada, nem elogiar! Agora, se você consegue externalizar uma crítica para alguém em alguns momentos, também rola elogiar, não é mesmo? Bora trabalhar a sensatez!

Ok, que é importante elogiar outras mulheres nós já entendemos, mas e elogiar a nós mesmas, será que é mais fácil? Olha amigas, para mim não é, porém é algo que venho trabalhando há algum tempo. Comecei a criar um exercício de sempre reparar algo bonito ou especial em alguém, mas em mim só via os defeitos. Agora, todo dia eu tiro um tempinho para parar na frente do espelho e elogiar alguma coisa, pode ser algo sobre o corpo, mas também sobre minha personalidade. Às vezes tem algumas características que não sabemos lidar bem na gente, mas se você pensar “e se isso estivesse no corpo de uma amiga tão amada, eu olharia da mesma maneira?”. E a resposta quase sempre (e é bom que seja) não! Então é isso, se você consegue ver beleza em alguém, você consegue ver em você também. Tem uma frase que a Lizzo fala na apresentação do Tiny Desk que me marcou muito, ela disse assim “Se você consegue me amar do jeito que eu sou, você também consegue se amar”. E é uma pura verdade, né?

Okay, falamos sobre elogiar, auto-elogio, mas qual a experiência de vocês em reagir aos elogios? Até hoje não sei o que responder quando alguém me elogia, já consegui desconstruir aquela mania de me sabotar depois de ser elogiada. Sabe quando alguém fala “que roupa bonita” e você diz “que nada, tá rasgada”? Então, essa é a nossa mania incessante de nos menosprezar ou simplesmente não saber lidar com as nossas qualidades sem nos envergonhar disso. Tenho um longo caminho a trilhar, por ser uma mulher negra nunca acredito 100% no elogio das pessoas, mas mesmo assim sempre tenho um belo de um “obrigada!” na ponta da língua. Sempre aceite um elogio, ele é seu, você merece mesmo que não entenda!

Para finalizar, quero convidar vocês a criar o hábito de elogiar mais as pessoas a sua volta. Elogios sinceros e espontâneos podem mudar o dia de alguém e não custa nadinha! Apenas lembre-se amigas de que nem sempre elogios precisam ser relacionados ao corpo e beleza física. Existem muitas outras maneiras de elogiar, quer uma ideia? Vai lá no nosso Instagram que fizemos um post sobre os melhores elogios que nossas princesas de Genóvia já receberam! E se quiser testar, pode deixar um elogio para esse meu texto ou até uma sugestão, tá bem?

Espero que vocês tenham gostado e que tenhamos mais encontros por aqui!

Beijos!

Deixar um comentário

Comentários serão analisados antes de publicados!

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.