ritual de LUA CHEIA EM VIRGEM

oie amiga! mais uma Lua Cheia chegando, dessa vez exaltando as energias de Virgem & cá estou eu, Celina Knust a virginiana do rolê com as previsões astrológicas e alguns rituais para trabalhar as energias super intensas desse momento. se você tem Sol, Lua ou Ascendente nos dois signos envolvidos nessa Lunação, Peixes & Virgem, isso significa que esse momento trará energias especiais para você! aproveita para compartilhar esse conteúdo com as amigas piscianas e virginianas que vão amar saber dessas vibes maravilhosas

 

LUA CHEIA NO GRAU 8º DE VIRGEM

 

A faxina interna dos nossos conteúdos emocionais começa a ser feita com antecedência, permitindo que a compreensão e a clareza nos alcancem e a reorganização emocional seja potente. Essa energia já se prepara para a oposição da Lua Cheia que acontece no amanhã nesse mesmo signo e remonta outros momentos astrológicos: quais foram as sementes plantadas na ultima Lua Nova em Virgem, no dia 17/09/2020? A colheita das intenções virginianas por uma reestruturação começa a chegar ao seu ápice! Deixe a purificação acontecer ao purificar emoções e ambientes.

Nossa criança interior é iluminada e temos a chance de nos dedicarmos ainda mais ao nosso processo de aperfeiçoamento e evolução! O eixo Virgem e Peixes, tocado por essa Lua Cheia, nos questiona: quanto da nossa energia e esforços diários tem sido investida no cuidado e serviço ao outro e quanto dessa mesma energia se volta para nossa cura interna? É hora de reequilibrar as demandas e redirecionar esforços materiais e emocionais para o que precisa ser posto como prioridade, pois acima das necessidades alheias está nossa missão de cuida do Templo representado por nosso corpo físico e o que definimos como Lar. Permita que a Lua exponha os desequilíbrios e traga o realinhamento!

 

RITUALIZE 

 

>> Separe um momento de encontro com a sua criança interior: você vai precisar de duas folhas de papel em branco, duas canetas ou lápis coloridos. Coloque uma música que você goste e crie um ambiente propício para esse ritual. Esse é um ritual de paz e acolhimento, então não destine energias que não sejam de amor incondicional para essa vivência. Entenda que é extremamente importante aceitar e abraçar o passado ao invés de reprimir e negá-lo, para que a cura aconteça. É normal que algumas lágrimas venham através desse encontro e isso faz parte de trazer compreensão para que a sua relação consigo mesma seja também mais afetuosa e amorosa no presente. Você pode criar mais conexão utilizando uma foto sua em algum momento divertido e que te traga boas lembranças.

>> Com a sua mão dominante, escreva uma carta pra sua versão criança e conte para essa pessoa em miniatura o que você viveu até aqui. Escolha uma versão de você com a qual você mais se conecta e passe uma atualização de quais desafios você superou e quais sonhos você realizou. Conte sobre você e sobre suas vivências. Diga o que descobriu no caminho até aqui. Visualize essa criança que você foi envolta em uma bolha de luz da cor rosa e repita o mantra “Eu sei quem eu sou. Eu honro o que eu sinto. Eu acolho quem eu fui. Eu perdoo o que eu vivi. Eu aceito o que eu escolhi.”

>> Com a sua mão não dominante, escreva uma resposta da sua criança. Você vai notar uma certa dificuldade em elaborar esse texto (assim como sentia dificuldade de escrever enquanto estava aprendendo sobre isso) e isso faz parte do processo! Escreva a partir do que SENTIR, tentando canalizar o que e como sua criança reagiria. Você pode também desenhar ou ilustrar uma mensagem e observar as formas que vêm à tona durante o processo. Observe suas emoções e não tente controlar o processo! Se conecte com os sentimentos dessa criança e diga para ela que você hoje sabe lidar com as situações e pode cuidar ou ouvir ou dar atenção para ela de formas que outras pessoas não puderam, que você hoje é adulta e pode resolver os problemas que no passado te preocupavam e que você está segura no presente. Diga para a sua criança que os sentimentos negativos, a ansiedade, os medos etc já não são mais necessários. Se conecte com sua energia interna através de um abraço em si mesma e repita o mantra “Eu sei quem eu sou. Eu honro o que eu sinto. Eu acolho quem eu fui. Eu perdoo o que eu vivi. Eu aceito o que eu escolhi.”

Deixar um comentário

Comentários serão analisados antes de publicados!

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.