Por que a nossa identidade visual vai mudar?

2 comentários

Desde que a gente anunciou que tava trabalhando numa identidade visual nova foi uma mistura de emoções na nossa DM e no telegram. De um lado, as apegadas à nossa identidade visual atual, que já tão com saudades antes mesmo dela partir. De outro, as ansiosas que mal podem esperar pra ver a nova identidade, a nova paleta, o novo unboxing.. E às vezes as duas ao mesmo tempo: as animadas & nostálgicas.


Mas por que a nossa marca, que tem tão pouco tempo (menos de um ano, acredita?), decidiu mudar a identidade visual agora?


Pra começar a contar essa história, vamos primeiro falar o que é essa tal de identidade visual pra quem não sabe. De acordo com o nosso oráculo moderno Google, "Identidade visual é o conjunto de elementos formais que representa visualmente, e de forma sistematizada, um nome, ideia, produto, empresa, instituição ou serviço". Na prática, a identidade visual é como a marca se apresenta: o logotipo, a paleta de cores que usa na comunicação, nas embalagens, a fonte de letra que usa, os elementos gráficos.. deu pra entender né?


Quando eu e o Viktor estávamos construindo a marca, lá no meio do ano passado, era literalmente só nós dois. A gente fazia tudo, tudo mesmo. Não terceirizamos nada. E quem fez a identidade visual fui eu. Agora você me pergunta: Lela, mas você é designer? E eu respondo: eu sou o que precisar ser. E naquele momento eu precisei ser designer, porque a gente não tinha como investir em uma profissional que fizesse esse trabalho pela gente. Mas acabou que isso foi ótimo! Vou te explicar o porque jajá.


Lá em junho de 2020, eu mesma fiz o logo, a paleta de cores, eu que escolhi as fontes, eu que fiz as artes das embalagens, eu que fiz tudo - e, modéstia a parte, ficou incrível! E com o crescimento da marca eu tive que aprender uma coisa muito importante e difícil pra mim: pra marca crescer, eu preciso delegar as funções que eu não sou especialista pra profissionais qualificados. Primeiro porque eu não dou conta de fazer tudo sozinha, e segundo que é a única forma da minha marca crescer e se tornar cada vez mais profissional de forma saudável.


E foi assim que a gente foi crescendo nossa equipe: primeiro colocando mais gente na logística, pra embalar e despachar os pedidos, depois mais gente na equipe de conteúdo pra contar todas as histórias que a gente tem pra contar, depois mais gente no atendimento pra dar toda a atenção que nossas clientes merecem, e assim vai. Hoje já somos um time de mais de 10 pessoas que acreditam que uma mulher confortável em si é uma revolução. Nos mantivemos firmes no que a gente acredita, nos nossos valores e princípios, e fomos abraçando as mudanças que rolaram durante esse último (quase) ano que a marca ta no ar. E hoje a gente sabe muito melhor quem a gente é, do que quando a gente começou. 


Quando eu percebi que a Lela Brandão Co. não era mais aquela pequena marca, e sim uma senhora marca, que envia milhares de caixas por mês, que tem um escritório grande, com um time crescente, e que cada vez mais pessoas estavam entendendo o que a gente tinha pra falar, que cada vez mais mulheres estavam prontas pra iniciar a revolução do conforto em seus armários, eu percebi que a gente estava em um momento chave. Um momento de transição, de uma pequena marca que nasceu aos trancos e barrancos no meio da pandemia, sem saber muito bem no que ia dar e aprendendo tudo com pressa e na prática, pra uma marca que está pronta pra se apresentar pro mundo.


Foi aí que eu decidi contratar a Tamara Lichtenstein, uma designer que eu admiro ha muitos anos e tenho a honra de ser amiga ha muitos anos também, pra repensar como a nossa marca se apresenta. 


A gente chamou ela e disse: Tammy,  a gente ta pronto pra apresentar nossa marca como uma marca profissional, sem perder nossa essência.


Ela entendeu exatamente o que a gente queria de primeira, foi tipo mágica. (A mágica de contratar profissionais talentosas e capacitadas!). Quando ela apresentou a ideia dela, nossas bochechas ficaram doendo o resto do dia de tanto sorrir. A gente olhou e falou: caramba, ESSA é nossa marca!


A gente mal pode esperar pra mostrar tudo pra vocês. Ta quase aqui, dia 23/08, junto com a nova coleção de peças lindíssimas que vem aí. Enquanto isso, te convido a apreciar os últimos momentos da nossa identidade visual atual, que é tão especial pra gente e nos acompanhou desde que a gente nasceu como Lela Brandão Co.


Como a Celina sempre diz: é necessário fechar uma porta pra abrir a outra. E aqui estamos nós, com a chave na mão e o sorrisão no rosto, prontos pra apresentar pra vocês a nova identidade da Lela Brandão Co. <3

2 comentários

Manuela
Manuela

é BIZARRO como uma marca (e uma artistah) pode cativar tanto!!! Ansiosa por esse novo ciclo!! <3

Stephanie
Stephanie

AAAAAH eu arrepiei mulher!!!! KKK puts eu não tenho nem palavras pra descreve a REVOLUÇÃO que você e essa marca magnífica estão fazendo em minha vida! Desejo todas as energias boas do universo pra esse novo começo ✨ parabéns a todos que contribuem pra essa marca maravilhosa continuar existindo ❤️ vcs são TUDOH

Deixar um comentário

Comentários serão analisados antes de publicados!

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.